outubro 2015

Monthly Archives

NOTÍCIAS DO DEMC

Slide1

 


NOTICIAS DA ENGENHARIA

[addw2p name=”Super RSS Reader”]


GRADUAÇÃO

O Departamento de Engenharia de Materiais e Construção oferta regularmente cerca de 25 disciplinas de graduação, nos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia Mecânica e Arquitetura, onde matriculam-se semestralmente cerca de 1140 alunos:

  • Aproveitamento de Resíduos da Construção Civil
  • Ciência dos Materiais
  • Concretos Especiais
  • Construções Especiais
  • Construções Sustentáveis
  • Desenho Auxiliado por Computador
  • Desenho Projetivo para Engenharia
  • Durabilidade das Estruturas
  • Estágio Supervisionado – Engenharia Civil
  • Gestão da Produção
  • Gestão de Projetos na Construção Civil
  • Incorporações, Perícias e Avaliações em Engenharia
  • Instalações na Construção Civil
  • Instalações Prediais Hidráulico-Sanitárias
  • Laboratório de Materiais
  • Materiais de Construção I
  • Materiais de Construção II
  • Materiais de Construção III
  • Noções de Materiais e Técnicas de Construção
  • Patologias das Edificações
  • Seleção de Materiais
  • Tecnologia das Edificações I
  • Tecnologia das Edificações II
  • Tecnologia das Edificações III
  • Tratamentos Térmicos

 

1 2


PESQUISA

           

            As atividades de pesquisa do Departamento de Engenharia de Materiais e         Construção abrangem as áreas teórica e aplicada do conhecimento, buscando    atender as demandas específicas da sociedade e do meio técnico. As   pesquisas são financiadas, através de convênios, por agências de fomento,             empresas e entidades ligadas à área em estudo. As atividades são realizadas   através do trabalho integrado entre professores e estudantes. A seguir, listam-           se alguns projetos de pesquisa e produção científica realizados por professores            do DEMC. nos últimos três anos.

 

NA ÁREA DE CONCRETO E SEUS COMPONENTES:

           

            Aproveitamento de escória de alto-forno como agregado miúdo para produção   de argamassas;

            Concretos fabricados com fibras, sílica ativa, resíduos de construção civil e      agregados típicos de Minas Gerais;

            Concretos protendidos com fibras de ligas com efeito de memória de forma;

            Cura do concreto utilizando microondas;

            Estudo da viabilidade técnica da utilização de escórias de aciaria do processo   LD como adição em cimentos;

            Estudo do comportamento de concretos sob esforços cíclicos.

 

ÁREA DE MATERIAIS METÁLICOS:

Análise da influência do caminho de deformação nas propriedades mecânicas de materiais metálicos;

Aspectos numéricos e microestruturais do encruamento e dano no processo de materiais por deformação plástica;

Avaliação do desempenho de juntas soldadas de aços resistentes ao fogo para a construção civil;

Colaminação de metais diferentes;

Comportamento e dimensionamento em situação de incêndio de perfis e ligações soldadas em aços resistentes ao fogo;

Estudo das características de fusão no processo de soldagem e arco com arame tubular;

Estudos da estampabilidade de chapas colaminadas;

Monitoração e controle em soldagem: taxa de fusão de eletrodo.

           

ÁREA GERENCIAL:

Análise de falhas no contexto da lean construction;

Gestão da qualidade em obras públicas habitacionais;

Introdução de conceitos da construção enxuta em sistemas de gestão da qualidade.

ÁREA DE TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO:

Avaliação da performance dos revestimentos cerâmicos em fachadas de edifícios.
Obs.: O financiamento desse projeto pela FAPEMIG viabilizou a aquisição de equipamentos para determinação de expansão por umidade e gretamento em revestimentos cerâmicos. Ressalta-se que o laboratório do Departamento de Engenharia de Materiais e Construção foi o primeiro do Estado de Minas Gerais a possuir tais equipamentos. Até então, esses ensaios eram realizados por laboratórios de outros Estados;

Estudo comparativo dos materiais e sistemas de aplicações de pisos na construção civil;

Participação do grupo de pesquisa interinstitucional denominado RECICOR – Redes Cooperativas de Conservação e Reabilitação do Patrimônio. A coordenação do projeto é do CECOR/UFMG;

Utilização de auxiliares de moagem à base de silicone na produção de cimentos especiais;

Estudo da viabilidade técnica da utilização de escórias de aciaria do processo LD como adição em cimentos;

Utilização de novos aditivos à base de silicone em concretos e argamassas.
Obs.: As duas últimas pesquisas foram do interesse e financiadas por empresa privada.

 

ÁREA DE ENSINO DE ENGENHARIAL:

A interferência das novas tecnologias na prática pedagógica no curso de Engenharia Civil da UFMG;

A reengenharia do ensino nos currículos das engenharias: buscando uma análise crítica e sociológica do processo;

Projeto PAD: o papel do engenheiro civil na cadeia de valor da construção de edifícios.

           

 


PÓS-GRADUAÇÃO

O Departamento de Engenharia de Materiais e Construção oferece cursos de pós-graduação nas seguintes modalidades:

  • Stricto Sensu – Mestrado em Construção Civil.
  • Lato Sensu – Especialização: Produção e Gestão do Ambiente Construído.

MESTRADO EM CONSTRUÇÃO CIVIL

O Curso de Mestrado em Construção Civil da Universidade Federal de Minas Gerais foi criado em 2005. Historicamente, suas linhas de pesquisa e projetos associados têm evoluí­do no sentido de acompanhar tendências nacionais e internacionais, indo de encontro a demandas de mercado. Assim sendo, em um primeiro momento os projetos concentraram-se na área de materiais. Em um segundo momento, foram criados projetos de pesquisa na área de gestão de empreendimentos de construção civil. Atualmente, nas suas diversas linhas, os projetos contemplam os temas de maior interesse tanto no âmbito acadêmico como de mercado, incluindo a aplicação de nanomateriais, o reaproveitamento de resíduos de diversos macro setores produtivos, a gestão de garantia de desempenho do ambiente construído – incluindo questões associadas à sustentabilidade e ecoeficiência – e a utilização de Tecnologias de Informação e Comunicação na Construção. O Mestrado em Construção Civil da UFMG vem se caracterizando pelo seu caráter transdisciplinar, integrando as suas três grandes áreas de pesquisa: o estudo dos materiais aplicados à construção civil, o reaproveitamento de resíduos e a gestão dos empreendimentos de construção.

ESPECIALIZAÇÃO: PRODUÇÃO E GESTÃO DO AMBIENTE CONSTRUÍDO

A Universidade Federal de Minas Gerais, através do Departamento de Engenharia de Materiais e Construção, oferece o Curso de Especialização: Produção e Gestão do Ambiente Construído. O curso visa a formação de especialistas em Construção Civil, nas áreas de “Tecnologia e Gestão do Ambiente Construído” e de “Sustentabilidade e Gestão do Ambiente Construído”. O curso é  dirigido a engenheiros e arquitetos (para a Área de Tecnologia e Gestão do Ambiente Construído) e para profissionais de nível superior (para a Área de Sustentabilidade e Gestão do Ambiente Construído), que buscam alcançar maior competência técnico-gerencial na área de atuação. 


CORPO DOCENTE

curriculo lattesClique em currículo lattes para visualizar

 

Abdias Magalhães Gomes   curriculo lattes

Adriana Guerra Gumieri    curriculo lattes

Adriano de Paula e Silva   curriculo lattes

Aldo Giuntini de Magalhães     curriculo lattes

Alisson Duarte da Silva     curriculo lattes

Antônio Neves de Carvalho Júnior    curriculo lattes

Ayrton Vianna Costa     curriculo lattes

Cícero Murta Diniz Starling     curriculo lattes

Cristiane Machado Parisi Jonov     curriculo lattes

Dalmo Lúcio Mendes Figueiredo     curriculo lattes

Danielle Meireles de Oliveira     curriculo lattes

Eduardo Marques Arantes     curriculo lattes

Eduardo Chahud     curriculo lattes

Luiz Antônio Melgaço Nunes Branco     curriculo lattes

Manuel Houmard     curriculo lattes

Maria Carmen Couto Ribeiro     curriculo lattes

Maria Teresa Paulino Aguilar     curriculo lattes

Paula Bamberg     curriculo lattes

Paulo Roberto Pereira Andery     curriculo lattes

Roberto Braga Figueiredo     curriculo lattes

Sidnea Eliane Campos Ribeiro     curriculo lattes

White José dos Santos     curriculo lattes


INFORMAÇÕES GERAIS

A primeira atividade de ensino na área de Engenharia Civil dentro da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) nasceu juntamente com a criação da Escola de Engenharia através de seu curso de graduação. Atualmente o curso de graduação em Engenharia Civil tem as suas disciplinas de formação profissional geral e específica sob a responsabilidade de cinco departamentos acadêmicos: 

  • Departamento de Engenharia Hidráulica e Recursos Hídricos;
  • Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental;
  • Departamento de Engenharia de Estruturas;
  • Departamento de Engenharia de Transportes e Geotecnia;
  • Departamento de Engenharia de Materiais e Construção.

O Departamento de Engenharia de Materiais e Construção possui 22 professores efetivos e oferta regularmente cerca de 25 disciplinas de graduação, nos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia Mecânica e Arquitetura.

O Departamento de Engenharia de Materiais e Construção é responsável pelo Programa de Pós-Graduação em Construção Civil. Este programa oferece dois cursos:

  • Especialização: Produção e Gestão do Ambiente Construído, visando a formação de especialistas em Construção Civil, nas áreas de “Tecnologia e Gestão do Ambiente Construído” e de “Sustentabilidade e Gestão do Ambiente Construído“.
  • Mestrado em Construção Civil, com área de concentração em Materiais de Construção Civil, apresentando as seguintes linhas de pesquisa: Materiais Cimentícios, Materiais Metálicos para Construção Civil, Resíduos como Materiais de Construção Civil, Gestão de Empreendimentos de Construção Civil.

As atividades de pesquisa do Departamento de Engenharia de Materiais e Construção abrangem as áreas teórica e aplicada do conhecimento, buscando atender as demandas específicas da sociedade e do meio técnico. As pesquisas são financiadas, através de convênios, por agências de fomento, empresas e entidades ligadas à área em estudo. As atividades são realizadas através do trabalho integrado entre professores e estudantes.

O Departamento de Engenharia de Materiais e Construção desenvolve regularmente várias atividades de extensão, além de prestar consultorias a indústrias, empresas de construção civil, entidades públicas e à comunidade em geral, através de ensaios laboratoriais e de desenvolvimento de novas tecnologias. Essas atividades atendem os clientes em suas demandas e têm propiciado o crescimento, a atualização e o aumento do universo de conhecimento dos professores envolvidos. Regularmente também são ofertados cursos de extensão, palestras, consultorias e perícias judiciais.

 Os recursos provenientes das atividades de extensão propiciam melhorias e adaptações nas áreas físicas do departamento, e aquisição, manutenção periódica e aferição dos equipamentos. Os recursos permitem, ainda, a contratação de funcionários para dar suporte aos laboratórios e à área administrativa; implementação e manutenção de recursos de informática; e investimentos para treinamento e atualização dos professores e funcionários.